1.  

  2.  

  3.  

  4.  

  5.  

  6.  

  7. (Fonte: albagm666)

     

  8.  

  9. Sua cara é a melhor <3

     


  10. Com mingau e pimenta, Chicharito teve cardápio VIP em Santos.

    Funcionário de hotel tira selfie com Chicharito: amigo de todos Foto: Reprodução

    Funcionário de hotel tira selfie com Chicharito: amigo de todos

    Eliminada da Copa do Mundo pela Holanda, a seleção mexicana deixou Santos para voltar a seu país na manhã seguinte. Antes do embarque, um jogador tocou os chefs brasileiros com um gesto. Javier “Chicharito” Hernández passou pela cozinha para agradecer o tratamento VIP que recebeu no Parque Balneário Hotel, onde se hospedou em todo mês de junho.

    Chicharito tinha motivos mesmo para dizer obrigado. Com rejeição a glúten e lactose, o atacante do Manchester United demandou trabalho extra do chef Rafael Machado e de toda sua equipe na cozinha. Aos poucos, eles descobriram que não era preciso muito para fazer o gosto do simpático mexicano, louco por pimenta e fissurado em mingau.

    “Todas as manhãs ele tomava seu mingau com aveia, com leite sem lactose. O astro da seleção, aquele que joga no clube mais famoso, tem uma alimentação tão restrita que até incomodava”, brinca Rafael em entrevista ao Terra. Para atender as necessidades de Chicharito, o responsável pela cozinha teve que se desdobrar em busca de opções.

    Pão e macarrão sem glúten, peixes sempre frescos como atum e salmão. Esses alimentos foram providenciados para que o estômago de Javier Hernández estivesse sempre em dia. “Como ele tem restrições alimentares, sempre esperava todos se sentarem e ia até a cozinha chamar o chef para pedir sua comida. Pedia legumes, batatas, mas tudo bem rígido, sem sal”, explica Rafael.

    Foi numa dessas circunstâncias que Chicharito levou a cozinha aos risos. Certo dia, o atacante ingressou com gritos bem humorados para pedir mais pimenta. O condimento, por sinal, é uma verdadeira obsessão de todo elenco. “Nós preparávamos um molho forte mesmo, bem apimentado, já no café da manhã. Na sobremesa, adivinhe? Colocam uma pimenta chamada Tajin. A delegação trouxe sete malas grandes só de produtos para cozinhar”, detalha o chef.

    Orientados pela Federação Mexicana para evitar ao máximo as fotografias com jogadores, alguns funcionários do hotel até quebraram o protocolo quando encontraram Chicharito Hernández de folga. “Ele era o único que olhava no olho de todos, era o mais acessível”, conta o chef. Ele preferiu manter a recomendação e não tirou fotos, mas como bom cozinheiro se sentiu recompensado pela satisfação do cliente.

    Fonte:  www.terra.com.br